NOTÍCIAS

Programação especial do Novembro Negro na TVE e a Rádio Educadora FM

No mês da Consciência Negra, a TVE e a Rádio Educadora FM exibem uma programação especial com conteúdos que exaltam a cultura afro-brasileira. A emissora transmite ao vivo a abertura do Novembro Negro na Concha Acustica do TCA e traz documentários inéditos, séries, reportagens, entrevistas, shows e interprogramas que valorizam a população negra e combatem o racismo.

O programa Giro Nordeste, nesta terça- feira (31), às 19h, entrevistou o Presidente da Fundação Cultural Palmares, João Jorge, trazendo a importância dos blocos afro e o papel da Fundação para a defesa e promoção da cultura negra. Nas outras terças-feiras, o programa segue com convidados que reforçam temas relacionados à identidade e igualdade racial. No dia 14 o entrevistado será o escritor e babalorixá Rodney William, e no dia 28 a liderança baiana Marinalva Barbosa.

No primeiro TVE Entrevista do mês, na quinta-feira (02), Bob Fernandes conversa com Margareth Menezes. A baiana, criadora do Movimento AfroPopBrasileiro, é reconhecida por sempre reverenciar as raízes africanas. Entre outros convidados, o jornalista recebe ainda a professora, doutora em História e especialista em relações étnico-raciais e cidadania da população negra, Wlamyra Albuquerque.

Nos sábados do mês, o Palco TVE traz a diversidade afro baiana com apresentações da banda Olodum, nos dias 04 e 11, e Ana Mametto e Ilê Aiyê, no dia 18, ambas realizadas durante o Festival de Música do Olodum (Femadum) deste ano. Já no último fim de semana (25), quem se apresenta é Mateus Aleluia, no show gravado durante o 18° Festival de Música Educadora FM.

Um dos grandes destaques da programação deste ano é a série de interprogramas ‘Afros e Afoxés: A Revolução do Tambor’, exibida na emissora a partir da segunda-feira (06). Produzido pela produtora Janela do Mundo, com direção de Luciana Guimarães, os episódios abordam a história de resistência e o legado cultural ancestral de blocos afros e afoxés de Salvador. No dia 06, a emissora exibe vídeos do Cortejo Afro, seguido de Ilê Aiyê (07), Didá (08), Filhos de Gandhy (09), Muzenza (10), Olodum (13) e Malê Debalê (14), gravados no Carnaval da Bahia. Sempre às 18h, os interprogramas trazem, em seguida, programas musicais desses blocos, com conteúdos do acervo da emissora.

O programa Bem Bahia também participa das celebrações e, ao longo do mês traz, às quintas-feiras, às 19h30, reportagens especiais sobre terreiros de candomblé e exposições no Museu Afrobrasileiro da UFBA (MAFRO) e na Caixa Cultural, como a exposição Alágbedé, que apresenta o trabalho do ferreiro conhecido como Zé Diabo, produtor das ferramentas dos orixás. Reportagens, entrevistas com personalidades como a contadora de histórias milenares, Vovó Cici, e manifestações culturais como o samba do Quilombo dos Pintos terão também destaque.

Na terça-feira (07), a TVE transmite ao vivo o show de abertura do Novembro Negro. Organizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), o espetáculo acontece na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, às 19h.

No domingo (19), às 12h, a TVE exibe o documentário inédito ‘Histórias Submersas’. Contemplado no ‘Bahia na Tela’, maior edital de apoio à produção audiovisual para a televisão baiana a partir da parceria entre o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb) e a Agência Nacional de Cinema (Ancine), o filme explora o criminoso transporte de africanos escravizados, a colonização brasileira, os efeitos da Primeira e Segunda Guerra Mundial na Bahia e as descobertas da década de 1980. Além deste, outros filmes apresentam personalidades negras, cultura e ancestralidade, entre eles, ‘Orin: Música para os orixás’, ‘Mokambo’, ‘Yabás’, ‘Do que aprendi com minhas mais velhas’ e ‘Aprender a ler para ensinar meus camaradas’.

A série documental Caminhando com Tumbao também entra na grade da emissora e mostra as relações entre as comunidades afro de Salvador e as de Cali, na Colômbia. A exibição faz parte da articulação da TVE com a com a Rede TAL – Televisión América Latina, e os episódios vão ao ar toda terça-feira, a partir do dia 21, às 23h, com horário alternativo aos sábados, às 20h.

Ao longo do mês, a emissora exibe ainda a série de interprogramas ‘Verso Vivo’, que apresenta jovens poetas declamando poesias em saraus e slams na periferia de Salvador, e a série ‘Corpo Homenagem’, trazendo performances com dançarinos negros que homenageiam os seus mestres, relembrando grandes nomes da arte baiana, através da linguagem corporal.

Outros interprogramas, veiculados nos intervalos da programação, trazem artistas, iniciativas e empreendedores negros. Os vídeos falam sobre o festival Afropunk, o artista plástico Alberto Pitta, o músico Jovem Dex, a Noite da Beleza Negra do Ilê Aiyê, os tipos de samba, a Mestra Aurinda do Prato, entre outros temas.

Rádio Educadora FM

A Rádio Educadora FM também traz uma programação especial neste mês, destacando as raízes da cultura afro. O programa ‘Tambores da Liberdade’ no sábado dia 04 vai celebrar a memória da sambista Jovelina Pérola Negra, que faleceu há 25 anos, e os 48 anos da Independência de Angola e seu grande herói, Agostinho Neto. Para lembrar o Dia Nacional da Consciência Negra, o programa traz, no sábado dia 18, um repertório musical em homenagem a Zumbi e o Quilombo de Palmares. E finalizando, o Novembro Azeviche homenageia, no sábado dia 25, as lideranças femininas do Quilombo de Palmares.

Sempre aos sábados, a ‘Radio África’ traz toda a diversidade da música africana. No dia 04, o programa apresenta um especial com artistas de Senegal e Mali. No dia 11, o especial destaca a banda internacional Congotronics. Os clássicos da música africana vão ao ar no dia 18 e, no dia 25, o programa traz um especial dedicado ao pop africano.

O ‘Especial das Seis’ reforça produções de artistas negros e, na segunda-feira (20), o cantor e compositor Tiganá Santana dá luz a diversidade com a apresentação de canções vencedoras da 18ª edição do Festival Educadora, onde integrou a comissão julgadora. Já na terça-feira (21), o grupo musical Pastoras do Rosário apresenta o seu recém lançado disco de estreia ‘Da Nebulosa ao Brilho’.

A saxofonista de jazz, funk e R&B Lakecia Benjamin mostra, na quarta-feira (22), seu mais recente álbum, ‘Phoenix’ que conta com a participação de um elenco estelar de músicos, entre eles Dianne Reeves, Angela Davis e Wayne Shorter. Na quinta- feira (23), a cantora luso-cabo-verdiana Lura chega com seu sétimo álbum ‘Multicolor’ e, na sexta- feira (24), fechando o ‘Especial das Seis’, Jorge Ben Jor traz o álbum ‘A banda do Zé Pretinho’ que, neste ano, completa 45 anos de lançado.

No sábado (25), o programa ‘Samba’ traz como destaque nomes importantes do samba da Bahia e do Brasil como, Nelson Rufino, Riachão, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Alcione, Juliana Ribeiro, Dona Ivone Lara, Mariene de Castro, Cartola, entre outros.

No domingo (26), o programa ‘Sinfonia’ Especial do Novembro Negro apresenta o álbum Obaluayê!, primeiro disco da Orquestra Afro-Brasileira, fundada em 1942 pelo maestro e compositor mineiro Abigail Moura. Neste mesmo dia, o ‘Lusofonia’ faz um recorte da produção musical angolana das décadas de 60 e 70, e o ‘Mais Caribe’ destaca artistas que buscam romper a barreira do preconceito em nome da igualdade de direitos. Nomes como Frank Lebrón, La Dame Blanche e Orishas são presença garantida.

Ainda no domingo (26), o ‘Baião de Dois’ destaca manifestações tradicionais nordestinas de matrizes afrodescendentes como o maracatu nação em Pernambuco, candomblés de Keto, da Angola e o jeje na Bahia, além de bois de matraca e a zabumba no Maranhão e o programa ‘Soy Loco Por Ti’ passeia pela música do litoral colombiano que possui uma grande diversidade de ritmos e gêneros diretamente relacionados com a herança africana.




02/11/2023 – Rádio Religare 35

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIORELIGARE35

(35) 99939-0903

contato@radioreligare35.com
Pouso Alegre MG – BRASIL

NO AR:
KUPULA HIP HOP INTEL - RÁDIO RELIGARE 35