NOTÍCIAS

O hip hop e o funk na percepção do feminismo negro: pesquisadora lança o livro Periferias do Gênero, sobre a temática

Autora feminista negra, Larissa Amorim Borges, fará ciclo de rodas de conversa em centros culturais das 9 regionais de Belo Horizonte

No marco das celebrações dos 50 anos da Cultura Hip Hop no mundo, a escritora Larissa Amorim Borges, Doutora e Mestre em Psicologia pela UFMG, autora feminista negra, lança, em parceria com a Editora Marginália, seu mais novo livro: Periferias do Gênero. A época marca ainda, 40 anos de Hip Hop no Brasil e 20 anos do coletivo Negras Ativas, que promove o debate sobre raça e gênero.

A obra registra a presença de mulheres negras no Hip Hop e no Funk que, por muito tempo, foram invisibilizadas e marginalizadas. E traz à tona histórias e experiências da luta por equidade e empoderamento feminino nas periferias, com foco nas vivências de mulheres negras jovens no gêneros musicais. Com uma abordagem sensível e envolvente, a autora conduz o leitor por uma jornada pelos bailes da cidade e outros cantos da América Latina, expondo os desafios, enfrentamentos e (re)existências produzidos pelas mulheres jovens no hip hop e no funk.

“Esse trabalho é resultado de um processo intenso de pesquisa e reflexividade sobre o assunto. E nutriu-se do meu desejo de compartilhar estas reflexões vivenciadas. Assim nasceu o livro. Ele foi pensado para contribuir com a promoção e o fortalecimento dos saberes advindos dos diálogos sobre Feminismo Negro, Hip Hop, Funk, Gênero, Periferia”, comentou a autora, Larissa Borges.

O lançamento é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte”. A obra é resultado do Projeto Periferias do Gênero: Dialogando sobre Hip Hop, Funk e enfrentamento ao genocídio da juventude negra, apresentado pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, por meio da Secretaria de Cultura/Edital Descentra 2022. O objetivo é dialogar com a juventude negra sobre Hip Hop, Funk, relações de gênero e o enfrentamento ao genocídio dessa população. Os exemplares também serão destinados à venda, pelo valor de R$ 27,00 cada, em livrarias físicas e online.

De forma a colaborar para a desconstrução de estigmas e estereótipos, favorecendo afirmação racial e empoderamento das adolescentes e jovens periféricas e faveladas, o projeto possibilita a distribuição do livro e a realização de palestras gratuitas nos centros culturais de Belo Horizonte, conectando Hip Hop, Funk e o enfrentamento ao genocídio da juventude negra. Pela incidência cultural de mulheres negras jovens e periféricas, as rodas de conversa chegarão a 9 regionais da cidade, proporcionando um espaço de diálogo e reflexão sobre as temáticas abordadas. Dessa forma, a temática será apresentada pela autora Larissa Amorim Borges, que compartilhará sua experiência e insights sobre a obra, em um espaço de diálogo e intercâmbio de ideias com a juventude da capital.

Confira a agenda das palestras gratuitas:

07/07, às 14h: Regional Norte
Centro Cultural Zilah Spósito (CCZS): Rua Carnaúba, 286, Conjunto Zilah Spósito – Jaqueline. Tel.: (31) 3277-5498 – Ônibus: 5534

11/07, às 19h: Regional Oeste
Centro Cultural Salgado Filho (CCSF): R. Nova Ponte, 22, Salgado Filho. Tel.: (31) 3277-9625 e 3277-9624 – Ônibus: 1404 A, 1404 B, 9214, 3054, 9211, 4205, S22, 2033, 5250 (Move)

18/07, às 19h: Regional Barreiro
Centro Cultural Vila Santa Rita (CCVSR): Rua Ana Rafael dos Santos, 149, Vila Santa Rita. Tel.: (31) 3277-1519 e 3277-1534 – Ônibus: 309 (Estação Diamante), S31 (ao lado da Estação Barreiro

25/07, às 19h: Regional Nordeste
Centro Cultural Usina de Cultura: R. Dom Cabral, 765 – Ipiranga. Tel.: (31) 3246-0334 – Ônibus: 8103, MOVE Cristiano Machado

04/08, às 19h: Regional Noroeste
Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira (CCLAO) – Dentro do Mercado da Lagoinha: Av. Antônio Carlos, 821 – Dentro do Mercado da Lagoinha. Tel.: (31) 3277-6091 ou 3277-6077 – Ônibus: qualquer um que passe na Av. Antônio Carlos.

05/08, às 14: Regional Pampulha
Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado – CRCP: Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã. Tel.: (31) 3277-7420 / 3277-6746 – Ônibus: Todos os que passam pela Av. Pedro I, sentido Venda Nova.

10/08 (horário a definir): Regional Leste
Centro Cultural Alto Vera Cruz (CCAVC): Rua Padre Júlio Maria, 1577, Alto Vera Cruz – Tel.: (31) 3277-5612 e 3277-5618 – Ônibus: 9407, 9503 e 901

12/08, às 14h: Regional Venda Nova
Centro Cultural Venda Nova (CCVN): R. José Ferreira dos Santos, 184 – Jardim dos Comerciários. Tel.: (31) 3277-9504 – Ônibus: 635 e 634 (Estação Vilarinho)

16/08 (horário a definir): Regional Centro Sul
Centro Cultural Vila Marçola (CCVM): R. Mangabeira da Serra, 320, Serra. Tel.: (31) 3277-5250 – Ônibus: 2102, 9106, 8150 e Complementar 107

Sobre a autora Larissa Amorim Borges: Neta de Genoveva Rosa de Amorim e MariaTrindade, Feminista Negra, Lésbica, moradora de periferia de BeloHorizonte. Mãe de duas crianças pequenas. Psicóloga Clínica e Social pela PUC, mestre e Doutora em Psicologia Social pela UFMG. Integrante da Rede Estadual de Mulheres Negras de Minas Gerais e ativista da Cultura Hip Hop, Larissa Amorim Borges é reconhecida como uma das vozes proeminentes do feminismo negro e por sua escrita perspicaz e compromisso com o enfrentamento ao racismo e LGBTfobia. Com “Periferias do Gênero”, ela visibiliza aspectos despercebidos das relações raciais e de gênero nas periferias, amplificando as vozes daquelas que são frequentemente silenciadas. A obra contribui para o debate sobre igualdade de gênero e raça, ressaltando a necessidade de políticas públicas e transformações estruturais para garantir a equidade e o empoderamento de todas as mulheres, em particular das mulheres negras jovens.

Foto: Divulgação




04/07/2023 – Rádio Religare 35

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIORELIGARE35

(35) 99939-0903

contato@radioreligare35.com
Pouso Alegre MG – BRASIL

NO AR:
KUPULA HIP HOP INTEL - RÁDIO RELIGARE 35